WEB CERTIFIED
PARTNER
Cruzeiros 123cruzeiros  > Companhias  > Paul Gauguin Cruises

Paul Gauguin Cruises

Atualidades da semana

Paul Gauguin Cruises
Taiti :
saindo de Papeete a bordo do Paul Gauguin
Itinerário : Papeete, Huahine, Bora Bora, Bora Bora, Rangiroa, Fakarava, Navegação, Tahaa, Moorea, Moorea, Papeete, Papeete
Muito Satisfeito
4/5
Paul Gauguin
Papeete, Huahine, Bora Bora, Bora Bora, Rangiroa, Fakarava, Navegação, Tahaa, Moorea, Moorea, Papeete, Papeete
Tudo Incluído
Pensão completa
11 dias / 10 noites
 
a partir de R$ 17205
13/12/2017
em Cabine interna
Ver Cruzeiros
Paul Gauguin Cruises
Taiti :
saindo de Papeete a bordo do Paul Gauguin
Itinerário : Papeete, Huahine, Fakarava, Rangiroa, Tahanea, Bora Bora, Moorea, Papeete, Papeete
Muito Satisfeito
4/5
Paul Gauguin
Papeete, Huahine, Fakarava, Rangiroa, Tahanea, Bora Bora, Moorea, Papeete, Papeete
Tudo Incluído
Pensão completa
8 dias / 7 noites
 
a partir de R$ 17391
11/02/2017
em Cabine interna
Ver Cruzeiros
Paul Gauguin Cruises
Taiti :
saindo de Papeete a bordo do Paul Gauguin
Itinerário : Papeete, Huahine, Tahaa, Navegação, Rarotonga, Navegação, Bora Bora, Tahaa, Moorea, Papeete, Papeete
Muito Satisfeito
4/5
Paul Gauguin
Papeete, Huahine, Tahaa, Navegação, Rarotonga, Navegação, Bora Bora, Tahaa, Moorea, Papeete, Papeete
Tudo Incluído
Pensão completa
11 dias / 10 noites
 
a partir de R$ 18059
26/07/2017
em Cabine interna
Ver Cruzeiros
Paul Gauguin Cruises
Taiti :
saindo de Papeete a bordo do Paul Gauguin
Itinerário : Papeete, Huahine, Navegação, Rarotonga, Navegação, Bora Bora, Bora Bora, Tahaa, Moorea, Moorea, Papeete, Papeete
Muito Satisfeito
4/5
Paul Gauguin
Papeete, Huahine, Navegação, Rarotonga, Navegação, Bora Bora, Bora Bora, Tahaa, Moorea, Moorea, Papeete, Papeete
Tudo Incluído
Pensão completa
12 dias / 11 noites
 
a partir de R$ 19378
02/12/2017
em Cabine interna
Ver Cruzeiros
Paul Gauguin Cruises
Taiti :
saindo de Lautoka a bordo do Paul Gauguin
Itinerário : Lautoka, Suva, Savusavu, Navegação, Vavau, Navegação, Navegação, Navegação, Bora Bora, Tahaa, Moorea, Papeete, Papeete
Muito Satisfeito
4/5
Paul Gauguin
Lautoka, Suva, Savusavu, Navegação, Vavau, Navegação, Navegação, Navegação, Bora Bora, Tahaa, Moorea, Papeete, Papeete
Tudo Incluído
Pensão completa
13 dias / 12 noites
 
a partir de R$ 20534
24/06/2017
em Cabine interna
Ver Cruzeiros
Paul Gauguin Cruises
Taiti : Tahiti
saindo de Papeete a bordo do Paul Gauguin
Itinerário : Papeete, Huahine, Motu Mahana, Bora Bora, Bora Bora, Moorea, Papeete
Muito Satisfeito
4/5
Paul Gauguin
Papeete, Huahine, Motu Mahana, Bora Bora, Bora Bora, Moorea, Papeete
Tudo Incluído
Pensão completa
8 dias / 7 noites
 
a partir de R$ 22300
18/02/2017
em Cabine interna
Ver Cruzeiros

concernente Paul Gauguin Cruises

tudo sobre Paul Gauguin Cruises

Cruzeiro na Polinésia, luxo e esplendor, com Paul Gauguin Cruises

 

Uma empresa focada em torno do luxo e excelência

 

 

O nome da cidade que abriga a sede da Paul Gauguin Cruises (les croisieres Paul Gaugin em françês) convenientemente leva seu nome: Bellevue (Belavista). Perto do Pacífico e Seattle, a empresa que foi criada em 1998, é especializada em cruzeiros de luxo no Sul do Pacífico, especialmente na Polinésia. Vendido em maio de 2016 para um concorrente, o Tere Moana era um navio de cruzeiro construído em 1998 em Saint-Malo. A empresa norte-americana optou por se concentrar em um navio único, o Paul Gauguin, atende aos critérios de alto padrão (ver detalhes acima). O passageiro de cruzeiros pode escolher entre uma combinação de ilhas da Polinésia (Tahiti, Raiatea, Tahaa, Bora Bora, Moorea, etc.) ou cruzeiro mais longo, da Indonésia para Fiji.

Luxo é o foco principal de Gauguin Paul Cruises, o grupo proprietário do navio cinco estrelas, também é proprietário de hotéis Intercontinental, Maitai Polynesia e The Brando.

Em todos os anos, vários prêmios prestigiado apoiarem a empresa em busca da qualidade. Com nada menos do que sete prêmios internacionais, em 2016, a dúvida não subsiste. A "da Worl Best Awards Travel + Leisure", ou seja, o melhor World Award na categoria Viagem + Lazer, e a presença de Paul Gauguin Cruises na Gold List do Condé Nast Traveler parabenizou o trabalho das equipes envolvidas com o bem estar dos viajantes. Passou de segundo lugar para o primeiro em 2015-2016, o Paul Gauguin permanece na confiança da clientela. E ver o entusiasmo das equipes Paul Gauguin, a exigência de que anima sua equipe radiante irá perdurar por muitos anos.

 

O navio Paul Gauguin: um refúgio de vida e bem-estar

 

 

Uma vez a bordo,  é dificil acreditar para os 332 passageiros de Paul Gauguin que eles são muitos a bordo da "aldeia flutuante". Longos 156 metros de largura e 22 metros, este navio de luxo foi projetado com o objetivo de ter o máximo de espaço. Portanto, sete deck passageiros foram concebidos pelos estaleiros (Chantiers de l'atlantique, em St.Nazaire), em 1998, data de sua inauguração.

Comparável aos quartos grandes de um hotel cinco estrelas, o navio oferece cabines espaçosas, onde o luxo não é opcional. O padrão standard Paul Gauguin ultrapassou seus limites quando o navio foi reformado em Brisbane em 2012. Foi um investimento de 7 milhões de dólares. A estratégia do grupo norte-americana achou essencial a satisfação do cliente. Esta renovação foi focada por um serviço personalizado e atenção em todos os momentos com os anfitriões. Comprovado pelo sorriso sincera, dois funcionários  estão previstas para cada três passageiros e assim sumia o tédio e a falta de serviços.

As pessoas que desejam tranquilidade e privacidade vão aproveitar as cabines e suítes de luxo, variando entre 19 e 50m2. Obviamente, cada detalhe decorativo foi cuidadosamente resolvido pelos designers Paul Gauguin e além, cada cabine tem  vista para o mar. Quer sentir a brisa marinha para fora da cama? 70% das suítes têm uma varanda privativa.

O Gourmet vai fazer a festa no Paul Gauguin. Três restaurantes de vários tamanhos estão a disposição: The Star (216 pessoas), La Veranda (170 vagas internas e 62 no deck) e mais 92 vagas no Grill. Em cada mesa, serão servidos produtos saborosos e de qualidade, cuidadosamente preparados por chefs. Como qualquer restaurante de alto padrão, o público, pode pedir refeições diferenciadas como cozinha vegetarianas e dietéticas. No sentido desta linha saudável, o Paul Gauguin possui uma área de bem-estar. Flutuando sobre este navio, os turistas quase esquecer que o Deep Nature Spa by Algotherm não está localizado numa cidade. Neste lugar, o passageiro vai desfrutar os produtos de beleza iguais as melhores marcas do mercado. Para quem gosto do esporte, podem aproveitar o centro de fitness. Musculação ou Pilates tem várias opções para queimar as calorias em um ambiente relaxado. Os amantes da natureza vão gostar também as atividades aquáticas, acessíveis na parte traseira do navio. Longe das praias lotadas, os banhistas podem desfrutar a lagoa através da Marina disponível para o Paul Gauguin. Caiaque, windsurf, mergulho ou esqui aquático também está à disposição de cada. Este navio de luxo não parou de surpreender os cruzeiristas.

Uma preocupação da Paul Gauguin Cruises é respeitar o meio ambiente maravilhoso em que esta navegando. A proteção do meio ambiente não é simplesmente uma ferramenta de comunicação, portanto, através ações concretas, a empresa tem investido muito para que o motor de propulsão diesel elétrica seja conformo aos padrões ambientais. Também, foi investido para o tratamento de água potável e de águas residuais de acordo com os critérios da MARPOL e Londres, ou seja, o cumprimento de uma distância de 12 milhas (para não perturbar a vida selvagem) ou respeitar a velocidade limitada a oito nós.

 

Os principais destinos idílicos de Paul Gauguin

 

 

Indonésia, Papua Nova Guiné, Ilhas Salomão, Vanuatu, Fiji - 18 dias / 17 noites

 

A partir da cidade portuária de Benoa, a cultura exótica do arquipélago de Bali não se limita às praias paradisíacas. Aromas, artesanato e danças ancestrais fascinam os viajantes durante as 17 noites a bordo do Paul Gauguin. Em Lombok, menos conhecido do que Bali, tem a casa do Pura Lingsar, templo sagrado da ilha, e um chafariz de juventude chamado Narmada Park. Outra ilha indonésia, Komodo que vale a pena conhecer e aproveitar o seu clima tropical por meio de um mergulho na sua praia de areia rosa, sabendo que há apenas sete no planeta. Caminhando no parque natural tombado, um guia irá mostrar o espetáculo deslumbrante em observando a vitalidade da fauna aquática como se fosse num barco com fundo de vidro. Durante os seis dias no mar, ha muita coisa para fazer. Além da vista sobre os tons do Pacífico Sul, tem uma biblioteca, spa, esportes e atividades de lazer, o casino e vários palestras de convidados especiais são algumas das atividades propostas. A diferença com o capital de Timor-Leste (anteriormente Timor Oriental) será intensa. Dili é uma destas cidades coloniais em busca de modernização. Em busca de autenticidade e explosão de energia?  Apos de subir os 580 degraus que levam ao Cristo Rei, segunda maior estátua do Cristo em todo o mundo, o mirante proporciona uma sensação de plenitude. Para quem esta querendo encontrar produtos originais, as barracas do mercado de Dili parecem como a caverna de Ali Baba. Busca o seu equipamento de snorkling por uma sessão de mergulho antológica.

O grande beneficia de um cruzeiro Paul Gauguin, é o acesso a lugares inacessíveis por estrada, portanto, um ambiente muito preservado. Através do parque nacional Wasur, na ilha Merauke em Indonésia, biodiversidade lhe rendeu o apelido de Serengeti de Papua. Sua umidade regional é o lar de 350 espécies de aves e centenas de espécies de peixes e também vários animais atípicos como o veado do Timor, o canguru e os crocodilos de água doce em Papua. Os próximos dois dias vai fazer você esquecer o século XXI. Papua Nova Guiné não se resume em povos indígenas ancestrais, como você verá na capital Port Moresby que desenvolveu um parque exuberante. No entanto, você desfruta essa grande sensação de natureza, por exemplo, com o perfume das flores tropicais ou dando um mergulho com um guia, nas aguas de Samarai. A visita do Museu Nacional e a Galeria de Arte são quase obrigatórias para compreender e admirar a magnificência da cultura local.

O cruzeiro vai continuar  em direção a maior das Ilhas Salomão. Infelizmente má lembrança da luta feroz entre os aliados e as forças japonesas durante a Segunda Guerra Mundial, Guadalcanal destacou o dever da memória em preservar a história das relíquias. Entre os monumentos, aves endêmicas voar neste cenário tropical e exótico, cheio de mirantes para agradar ornitólogos amadores. A próxima parada em Vanuatu lembrar que ainda existem alguns lugares celestiais que podemos descobrir com o olhar de criança. Esta ilha de outro tempo, cheia de praias com palmeiras, mas também com cachoeiras de agua doce. Cercado de florestas tropicais cheias de animais selvagens, dominadas por altas montanhas, o Espiritu Santo pertence a esses lugares que mantém a mente para sempre na memória. Fiji também faz parte do cenário fantástico. Antes de desembarcar em Lautoka, aproveita o National Heritage Park Koroyanitu para fazer um passeio nas exuberantes florestas nativas. Quantos de nós podemos argumentar para compartilhar a cultura de aldeias tradicionais? No maior das Ilhas Fiji, Lautoka será o início da sua primeira residência terrestre durante a sua viagem. Lojas de artesanato, uma descansa romântica, visita do Jardim Botânico, já começou o programe.

 

Ilhas de Tuamotu, as Marquesas e Ilhas Societé - 15 dias / 14 noites

 

Quando o artista Paul Gauguin em 1891 deixou a cidade para Taiti, onde pintou o famoso retrato de Suzanne Bambridge, ele procura escapar dos artifícios da civilização ocidental. Saída de Papeete, ilha com o maior numero de gente da Polinésia Francesa, mas com tamanho humano, o cenário é tal que o zen se torna uma linguagem comum para os turistas. No mar, o luxuoso navio cinco estrelas que é o Paul Gauguin, também, pequeno museu flutuante sobre a história e os costumes da Polinésia, permite desenvolver sua cultura enquanto aproveitar a cozinha dos chefs em três restaurantes.

Chegado a Fakarava, um atol protegida que a UNESCO tem chamado uma reserva da biosfera, os cruzeiristas ficam de boca aberta diante os deslumbrantes espaços de mergulho. Com uma largura de 800 metros, a parte Norte, chamado Garuae, é um refúgio para plâncton. Em momento de aquecimento global, ainda é possível observar corais coloridos em abundância. O cruzeiro continua para as Marquesas. Desde uma das sete decks, os turistas admirar as cores especifica do Pacífico Sul e suas lagoas intocadas levando ao arquipélago selvagem. Com sua profusão de contrastes, as ondas poderosas morrem em baixo das montanhas vertiginosas e morros, as Marquesas também marcar a sua diferença em relação aos vestígios arqueológicos incríveis lendas. Em Omoa, na ilha de Fatu Hiva, os artesãos reproduzem durante séculos, em tecidos extraído da casca de árvore, os desenhos de tatuagens antigos das Marquesas .

Se Jacques Brel e Paul Gauguin terminaram a vida em Atuona (Hiva Oa) é para a pureza da ilha, constantemente batida pela marisia, porque sem proteção de qualquer recife. Passar horas olhando as correntes que acabam em ondas que se espalhar em rolos sem parar, como se queriam comer a terra, e então perder a noção do tempo inexorável como o ilhéus entendeu e permanece sem pressa nas actividades tradicionais. A um quilômetro, Tahuata ganhou o apelido de ilha de Monoi. Outra característica, todos os homens de qualquer idade da idade, estão gastando o tempo fazendo escultura e vender los aos poucos turistas. Na mesma linha, a parada em Nuku Hiva tem o legado de um passado lendário desta ilha considerada mística. Aqui tem varios "tiki" de pedras cortadas. Dois dias nas Ilhas Societé(no mar) oferecem um conjunto de altas ilhas tropicais e uma fauna selvagem e intenso. Uma missão: banho de sol, pesca e mergulho nas lagoas azuis translúcidas. O décimo segundo dia do seu cruzeiro, o Paul Gauguin vai parar em uma das mais lindas lagoas do mundo. Bora Bora e sua lápide Monte Otemanu que emerge do oceano não é chamada de "Pérola do Pacífico" por acaso. Nada melhor ficar sozinho nas ilhas chamado "motu" antes descobrir, no dia seguinte, o folclore polinésia, ampliado por suas canções e danças perpetuado de geração em geração. Penúltima paragem antes de Papeete, as montanhas de Moorea, elas são parecidas a os retratos que pudemos imaginar. Andar nos caminhos encharcados de frutas e flores sob um sol quente e ar refrescado pela leve brisa, se torna um sonho acessível com o charmoso Cruzeiro Paul Gauguin.

 

Outros cruzeiros também no meio da Polinésia são possíveis, das ilhas Fiji para o Tonga através das maravilhas de Salomão. Entre outros.

Por que reservar conosco? Confira nossas vantagens
loja
online 24h
garantir o
Pagamento on-line
4/5
0 opinião clientes em
Paul Gauguin Cruises
Atenção : As tarifas dos cruzeiros indicadas no site 123cruzeiros.com.br são expressas em reais, e para certas companhias estão sujeitas à variação cambial no dia do pagamento do cruzeiro. Os preços são propostos com base em cabines duplas, para a primeira categoria selecionada, de acordo com a disponibilidade no momento da reserva do cruzeiro. As fotos e ilustrações são puramente informativas, elas não são contratuais e não possuem nenhuma obrigação de responsabilidade de nossa agência de viagens. Certas companhias aceitam apenas pagamento em dólares; esta informação será fornecida pelo seu agente de viagem no momento da sua cotação.
Cruzeiros 123cruzeiros  > Companhias  > Paul Gauguin Cruises
QCNS CRUISE BRASIL
AGENCIA DE VIAGEM E TURISMO LTDA.
Rio de Janeiro/RJ
CNPJ 21.715.803/0001-00
CADASTUR 19.069406.10/0001-1
QCNS CRUISE MÔNACO SAM
AGÊNCIA DE VIAGEM ESPECIALIZADA EM CRUZEIROS
1 rue du gabian Le thalès - MC 98 000
Monaco SAM au Capital de 150 000 euros
Tele/ fax : (00) 377 97 97 84 59
N° RCI: 05S04380- IATA n° 202 465 05
Récépissé CCIN n°2007-01231/2007-01232
N° TVA FR. 44 0000 70