WEB CERTIFIED
PARTNER
Cruzeiros 123cruzeiros  > Companhias  > Aranui

Aranui

Atualidades da semana

Aranui
saindo de Papeete a bordo do Aranui 5
Itinerário : Papeete, Takapoto, Navegação, Nuku Hiva, Ua Pou, Hiva Oa, Fatu Hiva, Hiva Oa, Ua Huka, Nuku Hiva
Muito Satisfeito
4/5
Aranui 5
Papeete, Takapoto, Navegação, Nuku Hiva, Ua Pou, Hiva Oa, Fatu Hiva, Hiva Oa, Ua Huka, Nuku Hiva
Pensão completa
10 dias / 9 noites
 
a partir de R$ 13146
02/02/2017
em Cabine interna
Ver Cruzeiros
Aranui
saindo de Nuku Hiva a bordo do Aranui 5
Itinerário : Nuku Hiva, Ua Pou, Tahuata, Fatu Hiva, Hiva Oa, Ua Huka, Nuku Hiva, Navegação, Rangiroa, Bora Bora, Papeete
Muito Satisfeito
4/5
Aranui 5
Nuku Hiva, Ua Pou, Tahuata, Fatu Hiva, Hiva Oa, Ua Huka, Nuku Hiva, Navegação, Rangiroa, Bora Bora, Papeete
Pensão completa
11 dias / 10 noites
 
a partir de R$ 14427
05/02/2017
em Cabine interna
Ver Cruzeiros
Aranui
saindo de Papeete a bordo do Aranui 5
Itinerário : Papeete, Takapoto, Nuku Hiva, Ua Pou, Ua Huka, Tahuata, Fatu Hiva, Hiva Oa, Nuku Hiva, Rangiroa, Bora Bora, Papeete
Muito Satisfeito
4/5
14 dias / 13 noites
 
a partir de R$ 14561
02/02/2017
em Cabine interna
Ver Cruzeiros
Aranui
saindo de Papeete a bordo do Aranui 5
Itinerário : Papeete, Takapoto, Nuku Hiva, Ua Pou, Ua Huka, Tahuata, Fatu Hiva, Hiva Oa, Nuku Hiva, Rangiroa, Bora Bora, Papeete
Muito Satisfeito
4/5
14 dias / 13 noites
 
a partir de R$ 14562
16/02/2017
em Cabine interna
Ver Cruzeiros

concernente Aranui

Aranui : em resumo

Um dos mais belos cruzeiros da Polinésia. Um segredo bem guardado que já está sendo muito bem guardado. As férias a bordo de um barco da Aranui são incomparáveis. Estas férias te levarão  bem longe das rotas turísticas habituais para ir de encontro aos Marquis e sua cultura. Tudo isso por uma tarifa bem razoável que não podemos resistir a oferecer para vocês este cruzeiro. A viagem começa pelo por Papeete, capital da Polinésia. Você chegara ao destino em vôo incluído no preço de sua reserva. Você poderá descobrir as belezas naturais e culturais destas ilhas maravilhosas em excursões que são oferecidas por um preço bem acessível.  Além disso você tem que ficar sabendo que as crianças são gratuitas em certos períodos do ano.

tudo sobre Aranui

Aranui,é um navio cargueiro, servindo desde 1950 nas ilhas da Polinésia, inclusive nas mais isolado do arquipélago. Assim, a parte do navio dedicada ao turismo, promove o descobrimento autêntico para os passageiros, fora dos caminhos clássicos, enquanto a área de carga faz o transporte de mercadorias. Os navios da frota Aranui são os únicos barcos para suprir estas ilhas paradisíacas remotas do mundo.

 

Aranui, algumas datas e números-chave.

 

 

Histórico

Na língua Maori, prevalente no sul do Pacífico e, principalmente na Polinésia, a palavra "Aranui" significa "longa viajem". Esta designação é mantida até hoje para estes navios navegando em longos destinos  uma vez que corresponde ao conceito adotado pela CPTM (polinésia Maritime Transport Company).

Aranui 1 pertencia a um armador de Nova Zelândia: era exclusivamente um navio de carga. Em 1959, foi comprado pela CPTM para fazer o traslado entre Papeete (capital da Polinésia Francesa) e as Ilhas Marquesas (parte do arquipélago das Ilhas da Sociedade). Originalmente para o transporte de cargas, ele fazia também o transporte de passageiros que viajam em condições um pouco precárias iguais a todos os navios de carga naquela época.

Mas na década de 1980, a demanda comercial e o transporte de Coprah (óleo de copra é o lado de fora do coco, também chamado de fio dental e utilizado para produzir óleo de coco) caíram bastante. Naquela época, o transporte aéreo entre Papeete e as Ilhas Societé era muito irregular. Portanto, era importante colocar um novo navio que seja um cargueiro participando ao desenvolvimento econômico das ilhas que produzem principalmente óleo de coprah, mas também com a capacidade de desenvolver esta nova oportunidade turística. Na década de 1980, a empresa adquiriu um navio maior, tanto para passageiros quanto as mercadorias, enquanto melhora o conforto dos passageiros e tripulantes. Porque na década de 1980, os EUA constam um crescimento na demanda do turismo de cruzeiros. Esta situação impactou logo a Polinésia e a demanda sobre o Aranui 2: em 1984, a CPTM decidiu transformar o cargueiro em um barco verdadeiramente misto, no transporte de carga e para atender a demanda turística; Assim, otimizando o lucro de cada rotações, ele sofreu vários reformas estruturais. O nome do barco foi mantido como perfeitamente adequado à sua missão: Foi assim que o Aranui 2 ganhou o seu nome. Originalmente, este barco foi construído para navegar no mar Báltico: por isso, tinha uma casca particularmente grossa para quebrar o gelo no inverno. O proprietário fez uma reforma na Alemanha antes de vendê-lo para a CPTM a navegar em águas da Polinésia. Mas uma dúzia de anos depois, o navio foi considerado com insuficiente para cumprir as missões de  transporte de cargas, para o desenvolvimento do cruzeiro e, também, a respeito das necessidades dos ilhéus. O mais o turismo cresceu, mais a infraestrutura nas ilhas acompanhavam esse crescimento, também no comércio e importação e exportação.

Dez anos mais tarde, o MTB é confrontado com o mesmo problema: o navio era muito pequeno em relação à demanda do momento. Portanto, a companhia decidiu construir um novo navio: Aranui 3 será especialmente concebido para satisfazer as necessidades muito específicas deste tipo de viagens. Assim, com uma capacidade maior de transporte e combustível, ele vai oferecer todas as comodidades de um navio de cruzeiro: bar, restaurante, piscina, cabines de luxo, área de lazer e salas de palestras. O Aranui 3 vai navegar com a bandeira da França. Além disso, toda a tripulação é francesa: os marinheiros são da polinésia, das ilhas Marquises. Esta opção estratégica permite que os turistas, no momento do embarque, sejam em contato total com a cultura e as costumes Maori. Construído na Roménia, o novo cargueiro misto é lançada em 2003 e permanecerá até 2015. Na década de 2010, o Aranui 3 é novamente insuficiente para atender o desenvolvimento do turismo nas Ilhas da Sociedade em Polinésia, onde o aumento do desenvolvimento económico e as necessidades dos ilhéus. O navio a seguir será construído na China, por motivos de proximidade entre outros.

Mas na cultura chinesa, o número quatro é azarado. Assim, foi decidido chamar-lhe  Aranui 5, passando direto do número 3 para o número 5. Este navio também tem uma grande vantagem: a parte imersa do casco ficou inferior aos que o precederam e facilite o acesso em portos rasos como ilhas Marquises, sem ter que considerar a maré, o que resulta um benéfico de tempo e maior flexibilidade operacional. Além disso, este navio atende aos requisitos europeus e internacionais de segurança, incluindo a Convenção Internacional SOLAS (Safety Of Life At Sea) e as CCS (Centro de Coordenação e Salvamento) e é fiscalizado pela Guarda Costeira Francês. Assim, com o sistema de "Safe Return to Port" o navio pode voltar ao porto mais próximo em caso emergência. Com esse sistema, não precisa mais saltar para os barcos de resgate que permanecem perigosos: todos permanecem a bordo nas condições aceitáveis. Além disso, o número de cabines de luxo é significativamente maior porque a demanda turística cresceu neste sentido. Aranui 5 tem uma capacidade de 270 passageiros, o que irá influenciar a adaptação e a capacidade das ilhas para o desenvolvimento. No entanto, os preços não estão em alta.

Posicionamento

 

Os navios, Aranui 1, Aranui 2, Aranui 3 e 5 foram e ainda são, os únicos para fazer o traslado nas ilhas de Societé e, especificamente, as Ilhas Marquesas. A CPTM (polinésia Empresa de transporte marítimo) é o líder no mercado. Por isso, a CPTM, portanto, desempenha um papel crucial não só no contexto da oferta e da luta contra o isolamento das ilhas, mas acima de tudo, contribuiu bastante para o desenvolvimento, tanto em economia quanto o turismo.

Aranui 5 também é um dos navios mais seguro, atendendo as normas SOLAS (Safety Of Life At Sea) que exigem redundância em determinados instrumentos e elementos como a duplicação de motor de propulsão.

 

Figuras-chave

 

Em 2016, o Aranui 5 substituiu o Aranui 3, proporcionando a ligação entre as ilhas Marquesas e o porto de Papeete, na ilha de Taiti.

O Aranui 3 pode acomodar 170 passageiros e 68 tripulantes, medindo 117 metros, enquanto o Aranui 5 acomoda 260 passageiros e 100 tripulantes, com um comprimento de 126 metros e largura de 22,4 metros

O Aranui 3 tinha uma profundidade de 5.92m e o Aranui 5 foi reduzida para 5,20 metros.

Aranui 5 pode cobrar 30% de frete a mais do que seu antecessor, com uma capacidade de transporte de 700 m3 de combustível, sem esquecer os 40 tomadas para container refrigerados.

Para atender às normas de segurança mais rigorosas, tais como SOLAS (Safe Of Live At Sea), o navio tem duas hélices, duas salas de máquinas e dois motores de propulsão.

O navio o mais recente da família Aranui também tem 45% mais cabines com varandas.

 

 

Os navios principais da família Aranui

 

 

 

Desde 1950, são quatro cargueiros misto da CPTM estão fazendo o traslado de Tahiti para as Ilhas Marquesas: Aranui 1 Aranui 2, Aranui Aranui 3 e 5.

Aranui 5, o maior, mais luxuoso e o mais seguro, iniciou as viagens em 2016. Ele pode receber a bordo mais de 260 passageiros mais 46 pessoas, geralmente moradores nas ilhas. Tem um total de 110 cabines, incluindo uma suite presidencial, uma Royal Suite, Premium Suites, Junior Suites, 28 cabines chamados "Deluxe"  superiores e outras Deluxe, 40 cabines padrão e um dormitório muito confortável para receber até 24 passageiros em uma área comum moderno e acolhedor, dividido em 5 unidades com banheiro semiprivada e WC. Estas cabines estão localizadas entre as plataformas, Star, Sun Deck, o Deck Principal, Deck A e Deck B. Aranui 5 possui 8 pavimentos para os passageiros, Restaurante, bares, incluindo um Bar Sky, com vistas deslumbrantes, uma piscina, um ginásio, uma sala de spa, com massagens, uma sala de reunião e outras atividades para completar as opções de lazer durante a viagem. Na alta temporada, o Aranui 5 precisa contratar 25 novos postos de trabalho para atender a demanda crescente. Para receber estes grandes navios, os portos de Ilhas Marquesas tinham que fazer uma obra importante, incluindo a plataforma de Ua Pou que precisava ser ampliado. Nesta ilha, outro cais está sendo construído, a fim de atracar navios ainda maiores que o Aranui 5. Tecnicamente, o navio mais recente da frota recebeu dois guindastes de carga, quatro geradores diesel cujo 2 de 1076 kilowatts e 2 motores de 550 kW além de 2 motores de propulsão de 4000 kW cada.

 

Os principais destinos atendidos pela empresa

 

 

Todos os cargueiros mistos Aranui (1, 2, 3 e 5) são um meio vital de transporte que liga Tahiti aos 9.000 habitantes das Ilhas Marquesas, o arquipélago das Ilhas da Sociedade.

A rotação de 14 dias é o seguinte: Saída de Tahiti para Takapoto, em seguida, para Nuku Hiva e Ua Pou e Hiva Oa e Fatu Hiva, depois de volta para Hiva Oa, antes de sair para Tahuata, em seguida, para Ua Huka, com um retorno ao NikuHiva antes de ir para Ua Pou, em seguida, para Rangiroa, antes de chegar em Bora Bora e completar a viagem com um retorno ao ponto de partida, o porto de Papeete, no Taiti.

Existem ainda, outras possibilidades: um cruzeiro de 11 dias entre Nuku Hiva e Tahiti; um cruzeiro de 10 dias entre Tahiti e Nuku Hiva e, finalmente, um cruzeiro de 7 dias para uma viagem ida e volta de Nuku Hiva a Nuku Hiva.

Cada uma dessas paradas é uma descoberta maravilhosa em si mesmo. As ilhas de Rangiroa e Bora Bora são as mais famosas e o mais turística. Nestas ilhas, os turistas desfrutam: lagoa, mergulho, snorkeling, ou simplesmente encher o seu olhar das paisagens deslumbrantes. Atendimento a os turistas são altamente desenvolvidos. Bora Bora é o lar de uma das lagoas mais famosas do mundo com seus prestigiosos hotéis da beira-mar onde veem gentes famosas da Jet Set internacional, relaxar em relativo anonimato.

Longe da agitação das ilhas que derrama milhares de turistas diariamente, algumas ilhas onde Aranui esta fazendo paradas, exceto Rangiroa e Bora Bora, são áreas íntimas, que revelam a autenticidade da cultura local e seus costumes antigos. A organização do cruzeiro inclui duas paradas por dia, exceto os poucos dias dedicados à navegação. Cada parada dura cerca de 4 horas, o que deixa tempo para os passageiros para descobrir estas belezas naturais espalhadas em águas cristalinas. Muito acolhedor e comunicativo, o povo das Marquesas vêm para atender os turistas com sorriso e benevolência em busca da descoberta mútua. Os navios da frota Aranui estão fazendo cabotagem de uma ilha para outra na descoberta desses povos que vivem em harmonia com a natureza, no estrito respeito do seu ambiente, suas crenças e costumes.

Aranui 5 tem uma saida de Papeete, a cada 3 semanas: o cruzeiro de 14 dias é único.

Por que reservar conosco? Confira nossas vantagens
loja
online 24h
garantir o
Pagamento on-line
4/5
0 opinião clientes em
Aranui
Atenção : As tarifas dos cruzeiros indicadas no site 123cruzeiros.com.br são expressas em reais, e para certas companhias estão sujeitas à variação cambial no dia do pagamento do cruzeiro. Os preços são propostos com base em cabines duplas, para a primeira categoria selecionada, de acordo com a disponibilidade no momento da reserva do cruzeiro. As fotos e ilustrações são puramente informativas, elas não são contratuais e não possuem nenhuma obrigação de responsabilidade de nossa agência de viagens. Certas companhias aceitam apenas pagamento em dólares; esta informação será fornecida pelo seu agente de viagem no momento da sua cotação.
QCNS CRUISE BRASIL
AGENCIA DE VIAGEM E TURISMO LTDA.
Rio de Janeiro/RJ
CNPJ 21.715.803/0001-00
CADASTUR 19.069406.10/0001-1
QCNS CRUISE MÔNACO SAM
AGÊNCIA DE VIAGEM ESPECIALIZADA EM CRUZEIROS
1 rue du gabian Le thalès - MC 98 000
Monaco SAM au Capital de 150 000 euros
Tele/ fax : (00) 377 97 97 84 59
N° RCI: 05S04380- IATA n° 202 465 05
Récépissé CCIN n°2007-01231/2007-01232
N° TVA FR. 44 0000 70